Vereador do PMDB falta a reunião do diretório municipal de Sorocaba e aumenta especulação sobre o clima tenso da legenda

FernandoDiniUma vez por mês, toda primeira segunda-feira de cada mês, às 18h30, está agendada a reunião do diretório municipal do PMDB. Em abril não foi diferente, a reunião aconteceu. Fernando Dini, o único membro do diretório com mandato, faltou. Renato Amary, presidente do diretório municipal do partido, minimizou a ausência e me disse que ele teve problemas pessoais e tem participado ativamente de todas reuniões. O vereador não quis comentar o que motivou sua ausência, mas apurei que reflete a insatisfação dele com o episódio envolvendo Hudson Pessini. Ele queria que o diretório prestigiasse ele e não deixasse se tornar público, como ocorreu na página Fora Pannunzio, as críticas endereçadas a ele. Além disso, cresceu o assédio de outros partidos sobre Dini que obteve mais de 7 mil votos em 2012. Vale lembrar que Tonão Silvano também foi eleito pelo PMDB e deixou a legenda, migrando ao Solidariedade, assim que o partido foi criado.

Comentários

Leia também