Vereador do PP será o secretário de Habitação, mas só se resolver a vida dos seus assessores. Nomeação da sua equipe e a certeza sobre qual suplente tem direito a ocupar sua vaga na Câmara causam o entrave momentâneo para ele deixar o legislativo

O vereador Anselmo Neto (PP) já aceitou o convite para ser o secretário de Habitação da Prefeitura de Sorocaba. O furo foi dado na sexta-feira passada na coluna O Deda Questão na rádio Ipanema (FM 91,1Mhz) por Kiko Pagliato. A postagem desta informação aqui no blog fez ferver os bastidores. No final da tarde, quase começo da noite de sexta-feira, Anselmo Neto esteve no gabinete do prefeito e apurei que ele saiu de lá decidido a aceitar, mas com um problema: onde realocar sua equipe de assessores do Legislativo? No cargo de secretário, Anselmo Neto terá direito a dois assessores e a questão é: onde realocar os outros quatro?
Os assessores poderiam contribuir com o novo vereador, suplente do PP, que ficará com a vaga de Anselmo. Porém, hpa uma dúvida sobre quem é esse suplente. Minha compreensão é a de que está apto a ocupar a vaga o empresário Elias Rachid Neto que obteve 1536 votos pelo PP na eleição de 2012. Acontece que há dois suplentes com mais votos que ele. Primeiro trata-se de Cícero João. Porém, para concorrer na eleição de 2014 a deputado, Cícero deixou o PP e retornou neste ano à legenda. Ele acredita que seu retorno lhe garante o direito de ser o vereador. Outro suplente com mais votos que Rachid é Lincoln Bezerra, porém ele nem prestar contas da sua campanha prestou à justiça eleitoral e está inapto a ocupar cargo público. Resta, então, Rachid. Se confirmado Rachid, ele incorporra os quatro assessores de Anselmo e ele poderá ser nomeado, com a consciência em paz, ainda nesta semana. Lembrando que a vaga da Habitação está livre desde que o titular, Flaviano Agostinho de Lima, assumiu o comando do Parque Tecnológico de Sorocaba.
Na foto, da esquerda para a direita, estão: Hud William, Andrei Antonelli, Nicinha Almeida, Tião da Renovação Católica Carismática e Anselmo Neto

Comentários

Leia também