“Abstenção” vence eleição

Em Política, abstenção é o ato de se negar ou se eximir de escolher uma das opções entre quem se habilita a concorrer; mas, também, é interpretada pelos chamados anarquistas como um ato político que, por sua vez, é condenada pelos democratas.

Seja por negar, eximir ou um ato anarquista (o que é totalmente improvável no caso de Sorocaba, na minha visão) a verdade é que “o candidato” Abstenção ficou em 1º lugar na eleição sorocabana totalizando incríveis 130 mil votos; em 2º lugar aparece o missionário Manga com 115 mil votos; em 3º lugar o candidato “Branco e Nulos” ficou com 62 mil votos; em 4º lugar surge a candidata Jaqueline com 49 mil votos. Manga e Jaqueline voltam a ser enfrentar no dia 29 no 2º turno e o que tiver mais votos dos dois será o próximo prefeito independentemente do desempenho das Abstenções, Brancos e Nulos. Por mais votos que essas três categorias recebam, elas não interferem no resultado da eleição. O futuro de Sorocaba está selado.

Comentários

Leia também