Dini e França faltam e sem o voto deles o rodeio está de volta

A Câmara dos Vereadores de Sorocaba, composta por 20 parlamentares, aprovou por 9 votos a favor e 8 contra, durante sessão extraordinária realizada na manhã desta quinta-feira (22), projeto de lei que autoriza o retorno da realização de rodeios na cidade.

Nem metade dos vereadores apoia essa decisão, mas legalmente ela passará a vigorar assim que ela for para sanção do prefeito Rodrigo Manga. Imaginava-se que ele poderia vetar essa lei, mas ele deixou claro que vai respeitar a soberania dos legisladores e não vai deixar que sua opinião ou vontade pessoal se sobreponha a dos vereadores.

Como lei tão polêmica, tão combatida pode ser aprovada com apenas 17 votos? Primeiramente é importante lembrar que o presidente esteve presente e conduziu a sessão de votação e caso tivesse ocorrido empate ele emitiria o seu voto para o desempate. O que aconteceu foi a ausência de 2 vereadores: Fernando Dini (MDB) e Francisco França (PT).

Mais do que os votos Sim, que prevaleceram, possibilitando a volta dos rodeios, foi a covarde ausência dos dois, uma clara manobra política, que possibilitou este placar. Os dois não tiveram coragem de fazer prevalecer o que ele pensam e pregam (ambos são contrários aos rodeios) e nem a de desagradar a bancada do prefeito que é quem propôs a volta dos rodeios à cidade.

Mais de 24 horas depois da votação, nem Dini e nem França disseram à comunidade o motivo de terem faltado a uma sessão que não precisaria ser presencial, ou seja, de qualquer lugar do planeta onde estivessem ambos poderiam ter votado bastante uma simples conexão pelo celular.

Não imagino motivo que justifique a ausência deles. Nem mesmo uma grave internação hospitalar. Apenas se ambos estiverem mortos há uma justificativa.

Para registro da história, seguem os votos. Votaram a favor do rodeio os vereadores Vinicius Aith (PRTB), Dylan Dantas (PSC), Silvano Jr. (Republicanos), Rodrigo do Treviso (PSL), Fábio Simoa (Republicanos), Cristiano Passos (Republicanos), Luis Santos (Republicanos), Vitão do Cachorrão (Republicanos) e Italo Moreira (PSC). Votaram contra o projeto que permite a volta dos rodeios os vereadores João Donizeti (PSDB), Cícero João (PTB), Salatiel Hergesel (PDT), Hélio Brasileiro (PSDB), Iara Bernardi (PT), Péricles Regis (MDB), Fausto Peres (Podemos) e Fernanda Garcia (PSOL).

Durante a votação desta quinta-feira, realizada em primeira e segunda discussão, grupos contra e a favor da retomada dos rodeios em Sorocaba fizeram manifestações em frente à Câmara dos Vereadores. Durante o protesto, grupos chegaram a se enfrentar com ofensas e agressões.

Nas redes sociais, os contrários a volta dos rodeio foram sempre maioria. O que prova que militância virtual não chega ao legislador.

Comentários

Leia também