“Não faço parte de nenhum grupo para obtenção de vantagens”

Há divergências entre alguns dos seus integrantes sobre a criação na Câmara de Vereadores de Sorocaba do “Centrão” (prática na política de Brasília e que significa a reunião de um conjunto de parlamentares, independentemente dos partidos políticos ou orientação ideológica a que pertençam, que se unem com o objetivo de assegurar uma proximidade maior do que os outros parlamentares da Casa com o comando do Poder Executivo com o objetivo único de obter garantia de vantagens ou privilégios como cargos, orientação de obras, locais onde deva ocorrer alguma intervenção) .

Dylan Danyas, um dos cinco integrantes do Grupo dos Novos (referência aos vereadores de primeiro mandato que aceitaram participar do Centrão), procurou este blog para negar os termos da matéria publicada à respeito (Grupo dos Novos articula “Centrão” de olho em vantagens): “Peço a gentileza de retirar meu nome dessa matéria, pois não faço parte de nenhum grupo para obtenção de vantagens, e meu contato com qualquer vereador se baseia na pauta de projetos legislativos. O título e descrição da matéria não condiz com minha pessoa e nem minhas ações”.

Sobre sua participação no “Centrão”, Dylan me disse: “O Cícero nunca me convidou à nada”.

Eu insisti perguntando se ele nunca havia ouvido ao menos falar desse grupo? Dylan não me respondeu. Perguntei sobre a foto (esta que ilustra a publicação de hoje) e Dylan reafirmou: “Meu contato ou reunião com qualquer vereador se baseia na pauta de projetos legislativos. O título e descrição da matéria não condiz com minha pessoa e nem minhas ações. Reuniões são comuns na Câmara”.

Eu lhe disse que entendi isso e insisti sobre se houve a formação do Grupo Novatos?

E Dylan retrucou: “A questão é: Para que esse grupo se reuniu? E a resposta é: Para tratar de projetos legislativos e não obtenção de vantagens como você equivocadamente colocou na matéria. E eu respondo apenas por mim”.

Harmonia com o Executivo

Vinícius Aith, outro vereador de primeiro mandato, também foi convidado a participar do Centrão: “Realmente, fui convidado sim, mas rejeitei, pois não via motivo para estar neste grupo. Quero deixar claro que em nenhum momento disse que entraria seleto grupo ou dei a entender isso. Vivemos um momento de harmonia e não tenho o que reclamar do Poder Executivo, estamos juntos para Sorocaba voltar a se desenvolver e crescer”.

O espaço está aberto para a manifestação de qualquer outro vereador a respeito deste tema, mas nenhum outro se manifestou até o momento.

Comentários

Leia também