PEC aumenta gastos em R$ 1 bi, dinheiro que sairá de onde?

Os dois deputados estaduais de Sorocaba que votaram a favor da PEC (Proposta de Emenda à Constituição), aprovada na terça-feira passada na Assembleia Legislativa de São Paulo (Maria Lúcia Amary do PSDB e Raul Marcelo do PSOL) estão sendo alvo de um verdadeiro massacre nas redes sociais.

Em essência, eles estão sendo cobrados do seguinte: Lembrem-se, deputados, que o dinheiro não é do Governo!!! Só tem uma fonte: o bolso do contribuinte! Cada tostão para a elite econômica, formada pelos altos salários do funcionalismo, significa menos dinheiro para a saúde e educação.

Ou seja, eles aprovaram a emenda de olho em quem precisa (professores, pesquisadores, fiscais da receita…), mas não explicam de quem será tirado este gasto de quase R$ 1 bilhão nos próximos 4 anos.

FOTO: membros do Sinafresp (Sindicato dos Fiscasi de Renda do Estado de São Paulo) pediram e deputados aprovaram a PEC 5

Comentários

Leia também