Sinal dos tempos: Conservadores e artistas se organizam por mentes jovens

Quando você se perguntar o que é que está acontecendo com o Brasil, com o mundo, com Sorocaba… enfim, apenas se perguntar: o que está acontecendo? Lembre-se, o presente é consequência do passado e responsável pelo futuro.

E grupos distintos estão levando essa máxima ao pé da letra.

Neste sábado, dia 31 de agosto, dois eventos distintos, antagônicos em si, buscam a mesma coisa: conquistar as mentes dos jovens.

De um lado a entidade Movimento Conservador, unidade de Sorocaba, promove a palestra “O Poder Cultural e a Formação do Imaginário Coletivo” com o objetivo de atrair pessoas à ideologia defendida pelo grupo.

Do outro, em Capela do Alto, o projeto “Cultura Vive – Festival de Cultura Urbana” promove ações de arte para valorizar o RAP (gênero de música popular que consiste numa declamação rápida e ritmada de um texto; a função do RAP em seu ambiente de origem, a periferia, é ser instrumento simbólico de expressão da vida na comunidade e suas demandas encaminhando-as a um processo de amadurecimento na vida do jovem).

Claro sinal do nosso tempo: um tempo onde a propagação de valores conservadores, e sua defesa, deixou de ser algo de uma elite e vem se disseminando na sociedade. É um movimento internacional de tomada do poder como se vê com Trump nos Estados Unidos, Bolsonaro no Brasil e exemplos afins na Índia, Balcãs, Europa.

Movimento Conservador

A palestra dos conservadores de Sorocaba tem organização de Dylan Dantas, que se autointitula ativista conservador, autor e escritor do Livro: A Tomada de Decisão e Os Formadores de Opinião, palestrante temático, membro do ICON – Instituto Conservador e Coordenador Estadual do Movimento Direita São Paulo, represento o núcleo de Sorocaba, Direita São Paulo – Sorocaba.

Ele tem o apoio do Movimento Conservador que foi fundado em maio de 2016 como movimento Direita São Paulo e está presente em 50 municípios paulistas, com cerca de 1200 membros – organizando manifestações a favor da vida dos policiais militares, a favor do Projeto de Lei Escola Sem Partido, contra o aborto, contra a lei de migração, a favor da revogação do estatuto do desarmamento e de tantas outras pautas conservadoras – atendeu os apelos de conservadores interessados em realizar o mesmo trabalho em outros Estados da Federação, expandiu os seus trabalhos para alcançar todo o país e passou a se chamar Movimento Conservador.

Festival de Cultura Urbana

A 2ª edição do projeto “Cultura Vive – Festival de Cultura Urbana” será realizado em Capela do Alto, na Praça do Jardim Nova Capela, em que haverá Artes Visuais (Grafite), shows, batalhas MCs, saraus de poesia, pista de skate, sorteio de prêmios e brinquedos infláveis. O evento ocorrerá no sábado (31) e no domingo (01), a partir das 10h e ambos os dias.

O festival é realizado pela produtora Capela Artworks, com o apoio da Prefeitura e o patrocínio de empresas privadas, conforme disse o produtor Alan Silva Santos. Ele diz: “Nosso objetivo é mostrar que existem muitos artistas talentosos em nossa cidade e que o rap é uma importante manifestação cultural ao contrário do mal juízo que dela faz, por preconceito,  uma parcela da população, influenciada por grande parte da mídia. Nossa cidade tem público para diversos estilos musicais. Nós queremos, com esse evento, promover a união das pessoas por meio da valorização de nossos talentos e da diversidade cultural”, disse Alan.

Comentários

Leia também