Tecsis é multada em R$ 298 mil devido aos danos causados por incêndio em pás

O secretário de Meio Ambiente da Prefeitura de Sorocaba, Maurício Tavares da Mota, disse que a Tecsis foi multada em R$ 298.832,42 em razão do impacto do incêndio de 14 das 95 pás eólicas da empresa depositadas em área na Zona Industrial de Sorocaba num local muito próximo aos mananciais de água que abastecem as regiões do Éden e Cajuru.

O incêndio espalhou muita fumaça na região do Éden no dia 7 de agosto no “cemitério de pás”, apelido dado à área usada pela Tecsis na sua primeira fase em Sorocaba, que durou até 2017. Em novembro do ano passado outro incêndio na vegetação foi registrado no “cemitério de pás”, mas na época não houve notícia de que a empresa tenha sido multada.

Mota explicou que a decisão pela multa à Tecsis originou um processo dentro da Secretaria do Meio Ambiente e a empresa será comunicada pelos Correios, através de AR, da decisão. Além disso, deve haver publicação da multa no Diário Oficial do município.

A Tecsis deverá recorrer, mas quando este processo estiver finalizado e a decisão for de fato o pagamento da multa aplicada, os R$ 298 mil serão designados ao Fama (Fundo Municipal do Meio Ambiente) que é um órgão municipal voltado a fomentar ações ambientais em Sorocaba.

Mota também explicou que não existe na legislação sorocabana a previsão de punição e multa a quem produzir combustão de produtos químicos, como é o caso da pá eólica feita pela Tecsis. Sendo assim, a multa à empresa foi baseada no depósito irregular de 95 pás em uma área próximo a manancial de água.

FOTO: O secretário de Meio Ambiente, Maurício Mota, e o presidente da Comissão de Meio Ambiente da Câmara, vereador João Donizeti, em visita ao local em foto de Marcel Scinocca publicada originalmente no jornal Cruzeiro do Sul.

Comentários

Leia também