Claro discurso de pré-candidata a prefeita

Durante a sessão da Câmara de Vereadores na manhã desta terça-feira, a deputada estadual Maria Lúcia Amary (PSDB) recebeu voto de congratulações pela posse em seu quinto mandato na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo – uma inciativa do vereador Engenheiro Martinez (PSDB), juntamente com a bancada do PSDB, formada também pelos vereadores João Donizeti Silvestre e Anselmo Neto – e foi recepcionada por 19 dos 20 vereadores (apenas Irineu Toledo, líder do prefeito não quis ficar para a fotografia).

Um fato corriqueiro, inclusive que já havia se repetido nos quatro mandatos anteriores de Maria Lúcia.

Mas, dessa vez, há um ingrediente novo nessa homenagem e o discurso dela aos vereadores, milimetricamente pensado, é cristalino em relação aos seus anseios políticos, uma vez que ela é declaradamente pré-candidata a prefeita de Sorocaba em 2020: “Independentemente das siglas partidárias, todos nós queremos uma coisa só: ajudar a cidade de Sorocaba, cada dentro de suas ideologias, sobretudo em questões básicas como educação, saúde e segurança, como vejo nesta Casa. Eu valorizo muito o trabalho das Câmaras Municipais, porque vocês é que sentem, de mais perto, os anseios da população”, afirmou a deputada ao agradecer a homenagem recebida.

O que há de diferente nessa fala?

Simples: seu discurso é exatamente o oposto do que fez Crespo quando assumiu o cargo de prefeito e levou ele a ter todos os problemas que teve (inclusive o da cassação), ou seja, embora tenha ficado mais de 20 anos dentro do Legislativo (somados os períodos de deputado e vereador), Crespo bateu de frente com os vereadores. E hoje em dia tem uma relação boa com a Câmara graças ao secretário de Relações Institucionais, Flávio Chaves, que sabe falar a linguagem dos vereadores.

Portanto, a fala de hoje de Maria Lúcia não teve nada de protocolar. Não teve nada de momentânea. Teve, isso sim, a plantação da semente que vai frutificar no momento de colher as coligações de sua candidatura. Ou seja, é como se ela dissesse: embora eu venha do Legislativo (como o atual prefeito), eu sou diferente, eu valorizo vocês.

Foco na mulher

A pedido de Martinez, o presidente da Casa, vereador Fernando Dini (MDB), fez a entrega dos votos de congratulações à deputada. “É um prazer recebê-la nesta Casa de Leis, sabendo de seu trabalho alicerçado na boa política, sempre atuando em prol do bem comum e, sobretudo, daqueles que mais necessitam”, afirmou Dini, enfatizando que a eleição da deputada para seu quinto mandato é uma prova de reconhecimento desse trabalho por parte da população.

Engenheiro Martinez ressaltou o trabalho parlamentar da homenageada, como representante da região, e lembrou que Maria Lúcia Amary chegou a ser primeira vice-presidente da Assembleia Legislativa. Por sua vez, o vereador João Donizeti Silvestre (PSDB) disse que tem trabalho junto com a deputada em prol de “obras emblemáticas em prol de Sorocaba e região, como a duplicação da Rodovia SP-79.

“Na política, ainda temos muitos homens e poucas mulheres. Que, através do seu mandato, essa realidade possa ser mudada, com mais mulheres ocupando seu espaço na vida pública, mostrando o quanto é profícuo o trabalho da mulher na política”, afirmou Anselmo Neto (PSDB) ao saudar Maria Lúcia Amary.

Na mesma linha, a vereadora Iara Bernardi (PT) lembrou que somente oito mulheres passaram pela Câmara Municipal de Sorocaba. “Nossa luta, desde sempre, é que tenhamos um mínimo de igualdade no Parlamento e nos cargos dos Executivos, porque a presença das mulheres faz muita diferença nas leis e nas políticas públicas do nosso país”, afirmou Iara.

Comentários

Leia também