Na dúvida, sempre diga a verdade

O prefeito Manga reafirmou hoje durante entrevista à rádio Cruzeiro FM que sua esposa, a primeira-dama Sirlange, não será candidata a deputada nas eleições do dia 2 de outubro. Explicou que ela tem competência para ser federal, estadual ou prefeita se algum dia assim desejar se candidatar, mas que nesta eleição ela não vai concorrer pois tem o compromisso de ajuda-lo na tarefa de comandar a Prefeitura de Sorocaba.

Por quê, então, ninguém acredita que isso seja verdade?

Por quê todos estão certos de que Sirlange é, sim candidata?

Não digo que o prefeito está mentindo, ele apenas vai jogar quando o jogo começar. Agora, de fato, ninguém é candidato. Há prazos, mês a mês, para definir partidos, legendas, descompatibilização, convenção e etc…

Essa eleição será a primeira para os cargos a deputado sem que os partidos se juntem, ou seja, será como foi a eleição passada de vereador. Apenas os votos no partido vão eleger os candidatos. Não haverá voto do coligado nessa soma. E isso é uma tremenda mudança. Daí o quebra-cabeça para se decidir quem tem voto.

O vereador Vitão do Cachorrão, aliado de primeira hora do então candidato Manga a prefeito, e o vereador mais votado na última eleição, está dando cutucadas no prefeito há alguns dias. Primeiramente se achava que era pela demissão do diretor do Saae, mas agora se sabe que o verdadeiro motivo é a possibilidade de Vitão ficar sem legenda para concorrer a deputado, espaço que seria destinado a Sirlange. Vitão não ouviu do prefeito que isso vai ocorrer, mas ouviu e vê que isso poderá ser uma necessidade pelas regras que impedem a coligação.

Ainda há um problema inimaginável até recentemente: o partido de Manga, o Republicanos, bastante ligado à Igreja Universal, poderá se aliar a Lula no pleito nacional. Isso mesmo. Que o partido e a Universal vão deixar Bolsonaro, isso parece decidido. A dúvida é se apoiarão Moro, se ele mantiver sua candidatura, ou embarcam de vez em Lula.

Manga, defensor de Bolsonaro e seus costumes, estará no mesmo balaio de Iara Bernardi (PT), Emanuela Barros (PSOL). São como água e óleo. É inimaginável que concordem em alguma coisa. Mas…

Ainda acho que Manga se daria melhor se fosse mais didático ao se expressar quando lhe perguntarem se Sirlange será candidata. Na dúvida, o melhor é sempre dizer a verdade e a verdade de hoje, dia 2 de 2 de 22, não será a mesma do momento da convenção do partido no meio do ano.

Comentários

Leia também