Os votos de nossa região

Dos 5 deputados federais da Região Metropolitana de Sorocaba com direito a voto na Câmara, três deles votaram contra o governo Jair Bolsonaro, um votou favorável e outro esteve ausente da votação que suspendeu o decreto presidencial que ampliava o rol de pessoas autorizadas a classificar documentos secretos e ultrassecretos (incluindo funcionários não concursados), diminuindo assim o poder de fazer essa classificação ultrassecreta que, após essa votação, se mantém exclusiva do presidente e do vice-presidente da República, de ministros e autoridades equivalentes, comandantes das Forças Armadas e chefes de missões diplomáticas no exterior.

Quem faltou na votação foi Vitor Lippi, de Sorocaba.

Quem votou com Bolsonaro foi Guiga Peixoto de Tatuí.

Quem votou contra foram o veterano Jefferson Campos eo novato Guilherme Derrite, de Sorocaba, e Herculano Passos de Itu.

O placar foi 367 votos contrários ao governo e 57 favoráveis.

Lippi me disse que estava presente nesta sessão, porém no momento da votação estava numa Comissão Especial e que se tivesse no plenário no momento da chamada votaria contra a proposta de Bolsonaro.

Comentários

Leia também