PSD não tem a intenção de pedir a cassação do mandato de vereador que deixou legenda

O deputado federal Jefferson Campos, que está prestes a assumir a presidência do diretório municipal do PSD, me disse que pessoalmente não tem a intenção de pedir a cassação do vereador Hélio Godoy que deixou a legenda e ingressou no PRB. Ele falou que não existe nada pior do que estar numa casa onde não se sente bem e desejou a Godoy que seja feliz, que vá bem no novo partido e seja abençoado por Deus. Jefferson Campos é pastor e fundador da Igreja Quadrangular do Parque São Bento em Sorocaba, igreja que tem mais de vinte anos. Jefferson, por sua vez, deixou em aberto que se caso o suplente Waldomiro de Freitas, se o presidente nacional da legenda, ministro Gilberto Kassab, ou mesmo se o Ministério Público Eleitoral tiverem a iniciativa de pedir o mandato (que por lei pertence ao partido e não ao candidato eleito) ele vai apenas dar sua opinião que é a de ser contrário a isso. Jefferson passou por um processo parecido quando deixou o PTB e ingressou no PSD. Sua cassação foi pedida, mas a justiça entendeu que ele tinha razão.

Comentários

Leia também