Sorocabana fala sobre as unidades de conservação ambiental, em Brasília

EsposaGlauber

Erika Guimarães, da SOS Mata Atlântica, vive em Sorocaba e é autora do livro “BiodiverCidade”

A Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável da Câmara dos Deputados promoveu hoje (07/06) um seminário para discutir a situação das unidades de conservação brasileiras. O objetivo é debater a situação atual das unidades de conservação, os desafios de sua gestão e as oportunidades que elas oferecem para fomento ao turismo sustentável e para a dinamização das economias locais. O presidente da comissão, deputado Nilto Tatto (PT-SP), que propôs o evento, afirma que a gestão destas unidades pode ajudar a economia do País, “dentro de uma perspectiva de implementação dessas unidades de conservação, vamos debater caminhos para geração de trabalho e renda e como ajudar a enfrentar a crise econômica”.

Um dos temas do debate de hoje teve como tema “O desafio da Implementação das Unidades de Conservação no Brasil” e uma das expositoras foi Erika Guimarães, da SOS Mata Atlêntica. Erika é bióloga formada pela USP (Universidade de São Paulo), vive em Sorocaba (ela é a mulher de Glauber Piva, candidato a prefeito de Sorocaba na eleição de 2016 pelo PT) e autora do livro “BiodiverCidade – desafios e oportunidades na gestão de áreas protegidas urbanas” (Ed. Matrix).

Comentários

Leia também