Sorocabano lidera comitiva do Secovi no Congresso para pressionar pelo impeachment

Empresários do setor imobiliário paulista estão em Brasília hoje ( 13/4), para sentir de perto o clima na Câmara e a oscilação do termômetro que mede o voto dos parlamentares ao processo de impeachment. No radar do Secovi durante esta visita estão oito deputados indecisos que aceitaram almoçar com os dirigentes liderados por Flávio Amary, presidente do Secovi-SP,  que lidera o grupo na capital federal: “Tenho dito e repetido que a classe empresarial não pode mais se omitir. Não pode mais observar o naufrágio do País sem nada fazer. Por sua vez, partidos e ideologias também devem dar exemplos de desprendimento e de compromisso com o Brasil”. O Secovi representa mais de 80 mil empresas do setor imobiliário no Estado de São Paulo, o Secovi-SP (Sindicato da Habitação) e apoia o processo de impeachment por entender que esta é a única forma de desatar o principal nó que travou o Brasil: o da crise política. “Ao desatá-lo, começaremos a cuidar de outros nós, cuja solução poderá ser mais complexa. Afinal, recomeçar nem sempre é fácil, mas estamos dispostos a firmar um pacto de honra, de compromisso com o futuro do nosso País”, conclui Flávio Amary.

Comentários

Leia também