Tensão pré-eleitoral deixa Câmara à flor da pele e vereadores acusam a prefeitura de favorecer candidato do prefeito

O que irritou tantos os vereadores da Câmara de Sorocaba em relação à fila para o cadastro de interessados no sorteio de 500 vagas remanescentes do residencial Altos do Ipanema II é exatamente o que eles dizem: o sofrimento das pessoas que passaram a madrugada esperando por atendimento na unidade da Secretaria da Habitação na avenida Afonso Vergueiro. Não há motivo para se duvidar disso. Mas é justa a pergunta: é apenas isso, o sofrimento do cidadão, que está em jogo em toda bronca dos vereadores? E minha resposta é não.

Hélio Godoy, pré-candidato a prefeito e vereador eleito em 2012 com o maior número de votos, sendo que a maioria veio de suas ações na área habitacional, passou a madrugada junto das pessoas na fila embaixo de chuva e frio. Arrumou banheiro nos postos de combustíveis da região e dava informação sobre o cadastro. Ele usou as redes sociais para expressar sua indignação com a prefeitura e solidariedade com as pessoas que enfrentaram a fila.

Rodrigo Manga e Carlos Leite, vereadores de primeiro mandato, mas com forte atuação na faixa de renda que não possui moradia própria, também postaram sua indignação. Rodrigo Manga fez inflamado discurso sobre a desorganização da prefeitura e o comportamento desumano dos funcionários da área da Habitação.

Os colegas da Câmara, em particular o vereador José Crespo, também ficaram com a mesma impressão minha, de que a bronca dos colegas não era apenas o sofrimento do munícipe. E Crespo ouviu que todo o movimento de cadastramento tinha um objetivo de interesse particular e não público. Ou seja, o cadastramento visava alavancar a candidatura do funcionário da Secretaria da Habitação Francisco Carlos Rodrigues, o Chico da Habitação como ele se autointitula em sua página no facebook (foto).

O prefeito Pannunzio, na coluna O Deda Questão no Jornal da Ipanema (FM 91,1Mhz) ao longo deste ano, por pelo menos três vezes, citou o Chico da Habitação como um nome importante do PSDB para a Câmara de Vereadores. Em evento no Teatro Municipal e outras inaugurações o prefeito também enalteceu Chico da Habitação.

José Francisco Martinez, presidente do Legislativo e um dos funcionários públicos com mais votos de servidor nos últimos 20 anos, já não esconde mais que considera injusta essa predileção do prefeito Pannunzio pelo funcionário público Chico da Habitação.

Crespo, como presidente da CPI da Fila que foi criada para investigar a razão desse novo cadastro de interessados em casa própria, está intrigado e já tem a sua primeira pergunta: por que a titular da pasta, Júlia Galvão, que não é candidata tirou férias justamente neste período de cadastro deixando a frente da empreitada o funcionário Chico da Habitação? Ele julga que não é apenas coincidência as férias de Júlia Galvão. Martinez, o único vereador de situação a assinar a criação da CPI, também acha que não.

Comentários

Leia também