Um erro desvaloriza vários acertos

A entrevista/pronunciamento coletivo do prefeito Manga, encerrado há pouco, demonstra a sua clareza e preocupação com o pior momento da pandemia do Coronavírus na cidade de Sorocaba e suas decisões se demonstram as mais acertadas quando ele preparou o município para comprar a vacina, fazer o bloqueio sanitário nas cinco entradas da cidade para impedir que pessoas venham à cidade sem necessidade, determinar o fechamento das escolas (agora as particulares) e dizer de forma clara, didática e com o tom que o momento exige para que as pessoas fiquem em casa.

Tudo isso seria melhor compreendido pela população e não causaria desgaste a ninguém, caso um erro, o de promover o “tratamento” com Kit-Covid não tivesse sido adotado pelo município. Essa crendice faz sombra aos acertos e seriedade com que o problema vem sendo tratado.

Ao longo da exposição do prefeito, num dado momento, mais de 3 mil pessoas acompanhavam online o que ele dizia, o que é fundamental para que a mensagem seja propagada para toda a população. E essa mensagem se resume: o perigo de contágio do vírus Covid-19 aumentou, a variante de Manaus foi detectada na cidade, seu potencial de contaminação é pelo menos 10 vezes maior do que o vírus original, as pessoas onde foram detectadas as variantes morreram agora em março… Ou seja, fique em casa, use máscara, use álcool, não aglomere disse o prefeito.

A mesma seriedade senti no secretário da Saúde, médico Vinícius Rodrigues. Nem de longe, durante a entrevista/pronunciamento encerrada há pouco, ele se pareceu com o mesmo ativista de redes sociais que há dias incentivava a abertura de tudo, os protestos na avenida Paulista contra o fechamento de comércio e defende o uso de medicamentos que ele mesmo sabe não ter certeza de que funcionam.

Fica o desejo que o prefeito corrija a rota dessa decisão do uso do Kit-Covid. Não apenas pelas razões já debatidas neste blog, mas pelo que a Ciência demonstrou nesta semana, como notícia do jornal O Estado de S.Paulo que ilustra essa publicação: Há usuários do kit sofrendo com problemas no fígado e rim. Se vier a fazer a cancelar o uso do ki, o prefeito só terá a ganhar seja politicamente seja na eficiência da sua mensagem à população para que se proteja evitando aglomeração.

Comentários

Leia também