Vereador suplente e líder do prefeito apaziguam diferenças e abrem caminho para vereador titular voltar a ser secretário. A especulação nos corredores palacianos, tanto do Executivo quanto do Legislativo, é de que isso ocorre um mês

DiniJP

JP e Dini celebram a paz durante cafezinho na Padaria Real na tarde de hoje

O líder do prefeito na Câmara, vereador Fernando Dini, e o suplente de vereador JP Miranda, se estranharam na última sessão do Legislativo e no dia seguinte, na sexta-feira, JP perdeu o mandato e saiu atirando contra Dini, responsabilizando-o pelo volta de Anselmo Neto à Câmara deixando de ser secretário do prefeito Crespo.

No calor do momento, e porque Dini pressionou JP a votar a favor do governo – o que faz parte da regra do jogo – JP entendeu que deveria focar seu desapontamento do líder do governo.

Mas no frio momento dos dias seguintes, JP entendeu que o pior seria alimentar uma raiva contra Dini, uma vez que ela seria contra o prefeito, na verdade. E caberá apenas ao prefeito chamar novamente Anselmo para ser secretário abrindo, assim, caminho para a volta de JP ao cargo de vereador.

Para selar a amizade, na tarde de hoje, JP e Dini tomaram um café e uma água na Padaria Real. Se desculparam por qualquer exagero e deixaram evidente que está tudo bem.

A especulação, agora, é saber quando JP voltará a ser vereador, ou seja, quando Anselmo Neto volta a ser secretário de Crespo. Nos corredores do Executivo e Legislativo as apostas dizem que isso vai ocorrer em um mês. Minha percepção é de que será apenas após o recesso, em agosto.

Comentários

Leia também