Maçom envia carta para dizer que Fasiaben não foi expulso da Maçonaria, mas apenas pediu o Quite Placet. Fala de um clima de tensão dentro da irmandade e que tinha maçons lucrando junto com o provedor da Santa Casa

QuitePlace

A respeito de minhas manifestações sobre o escândalo da Santa Casa, que culminou com a prisão do provedor da Irmandade, José Antônio Fasiaben, recebi, quase na madrugada de hoje, uma manifestação por escrito de um amigo da maçonaria. Atendendo a pedido dele, reservo o seu nome. Mas ele me diz que um grupo de maçons entende que é importante que fique claro que, ao contrário do que venho dizendo, Fasiaben não foi expulso da maçonaria, mas pediu o Quite Placet (termo usado pelos maçons) que significa que ele pediu para sair da Loja Acadêmica Perseverança III onde estava e que a qualquer momento poderá ser membro de qualquer outra loja. Se ele, de fato, tivesse sido expulso, essa possibilidade não existiria e ele estaria banido da irmandade. Essa minha fonte também me passou as imagens aqui publicadas a respeito da publicação do Quite Placet de Fasiaben e deixou claro que se fosse hoje, quando Fasiaben está indiciado em três crimes e preso, sua expulsão teria acontecido.

Um outro colega maçom me conta que pelo menos 15 históricos maçons sorocabanos estão estarrecidos e deprimidos com o grau de envolvimento a que chegou Fasiaben nesta história. Todos defendiam que ele era inocente das acusações e que a verdade prevaleceria num dado momento. Nunca imaginaram que seria essa, da imagem de Fasiaben com cabelo e roupas de um detido no Centro de Detenção, a verdade.

A seguir, a mensagem que recebi:

 

“Deda, desculpe o horário, e por favor, preciso que você não me envolva na informação que vou lhe passar. Diferentemente do que você vem divulgando, o Fasiaben não foi expulso pela Maçonaria, apenas pediu o Quite Placet, que é a saída da Loja, ou seja, ele pode ser aceito a qualquer momento em outra Loja. Te passo imagem do Diário Oficial da Maçonaria que mostra a publicação do Quite de Fasiaben em 16/03/15. A Maçonaria tem por princípio não expulsar se o seu integrante não for condenado, o que ele ainda não é. Portanto, como recorrentemente você tem dito que ele foi expulso, o que não é verdade, isso causou muito mal-estar ‘entre colunas’ porque muitos queriam sua expulsão, mas os mais antigos foram pela orientação de que ele deveria a pedir o Quite Placet, o que acabou ocorrendo. O Conselho Maçônico de Sorocaba lançou um ofício à todas as Lojas de Sorocaba e Votorantim que causou mal-estar aos membros pró-Fasiaben, no ano passado. Vou te mandar esse ofício numa outra hora. Fasiaben sempre se defendeu ser inocente dentro das Lojas. Hoje, porém, ele seria expulso facilmente. Muitos maçons que o defendiam, hoje sumiram.Acredito que tem muita gente envolvida, tinha muita gente lucrando junto com o Fasiaben, e o pior, todos maçons. E para finalizar, hoje Fasiaben está adormecido na Maçonaria”.