Conflito entre PM e escola revela um tipo de sorocabano que crê que vivemos em luta de classes

O jornal Cruzeiro do Sul publicou hoje (29/09) uma nota sobre o ato em repúdio à intervenção da Polícia Militar na Escola Estadual Professor Aggêo Pereira do Amaral que organizado pelo Sindicato dos Professores do Estado de São Paulo (Apeoesp) e a Comissão de Direitos Humanos de Sorocaba da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) no Núcleo de Educação, Tecnologia e Cultura, da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar). O ato teve a presença de Valdir Volpato, o professor de filosofia que propôs o trabalho sobre violência policial, e o chargista Carlos Latuff, autor do desenho utilizado pelos alunos para ilustrar a tarefa. Mas o que me chamou a atenção foi o único comentário publicado no jornal on line. Ele é de autoria de Valter Silva e não consegui nenhum informação sobre ele nas redes sociais. Pouco importa, na verdade, o que importa é que ele revela que existe um tipo de sorocabano que crê que vivemos em luta de classes. Veja o que Vlater Silva pensa do conflito entre a PM e a escola: “Eu tenho pena dessas crianças da Escola Aggêo Pereira. Estão sendo manipuladas por esquerdopatas marxistas que contaminaram a educação no Brasil, da mesma maneira que os caras pintadas foram usados no impeachment do Collor. Eles falam em democracia e liberdade, mas por trás dessas palavras estão seguindo a cartilha de Antonio Grams (sic), adotada no Foro de São Paulo, criado por Lula e Fidel Castro em 1990, que prega a desmoralização da família, da polícia e da verdadeira história do Brasil, para criação de uma Guarda Nacional de esquerda, para agir aqui, nos moldes do que acontece hoje na Venezuela e implantar um regime comunista no Brasil. Não é por acaso, que os países amigos do governo brasileiro, hoje, são a Rússia, Cuba, Venezuela, Bolívia, etc…Senhores pais de alunos: acordem para isso enquanto é tempo!”

E você, acredita que o Brasil vive uma luta de classes? Acredita que as instituições do Brasil estão sendo vítimas de agentes infiltrados? Acredita que o Brasil pode virar um ditadura de esquerda?

Comentários

Leia também