Delegada de polícia de Sorocaba, Jaqueline Coutinho, fica perto do PTB e a um passo de ser anunciada como a candidata a vice-prefeito pelo PMDB na eleição de outubro

O pré-candidato a prefeito de Sorocaba, Renato Amary (PMDB), é amigo pessoal de Campos Machado (PTB), o presidente estadual do partido. A amizade dos dois se consolidou quando ambos ocuparam simultaneamente o cargo de deputado federal. E essa amizade levou o diretório municipal do PTB a fechar a parceria com o PMDB sorocabano na eleição de outubro e, assim como aconteceu em 2012, a indicar o vice na chapa peemedebista. Novamente isso vai acontecer em 2016 e o mistério era sobre o nome. Em 2012 o indicado foi o engenheiro Bolina, um dos braços direito de Renato quando foi prefeito de Sorocaba. Nesta eleição, ao que tudo indica, a candidata a vice-prefeito será Jaqueline Barcelos Coutinho, delegada responsável pelo Necrim (Núcleo Especial Criminal) de Sorocaba, que funciona no mesmo prédio do 3º Distrito Policial da cidade, no bairro Parque Campolim.

Rui Amorim (presidente do diretório municipal do PTB de Sorocaba), Renato Amary e Jaqueline Coutinho foram vistos mais de uma vez no escritório político de Campos Machado que funciona em São Paulo, no Hotel Maksound de Plaza. A última vez foi na manhã de ontem (27/01), ou seja, a delegada Jaqueline Coutinho fica perto do PTB e a um passo de ser anunciada como a candidata a vice-prefeito pelo PMDB na eleição de outubro. A certeza de Campos Machado é de que ela será não apenas uma boa militante do PTB, mas também uma candidata capaz de ajudar na eleição de outubro. Quem me disse isso? Não posso revelar, mas posso apenas dizer que não é ninguém de Sorocaba.

Em 1996, quando Renato Amary foi eleito pela primeira vez prefeito de Sorocaba, sua vice-prefeita era a médica Diva Prestes Barros.

Comentários

Leia também