Desenterrado vídeo de Crespo de quando era vereador e criticava a falta de vagas em creche e apontam: incoerente! É justamente o contrário. Ele é prefeito e não mais vereador. Assustador é quem não muda opinião estando em outra posição

CrespoCreche

A imagem que ilustra esta postagem é um frame do vídeo que circula na internet, e foi desenterrado pelos opositores do prefeito Crespo, onde em março de 2016, enquanto vereador, ele criticava duramente o então prefeito Pannunzio e o secretário Flaviano Lima pelos problemas nas creches de tempo integral. Falamos, portanto, de um vereador da oposição a um prefeito que já havia cumprido 3 anos e 3 meses de mandato. A entrevista aconteceu no plenário da Câmara num dia votação onde um grupo de mães ocupava a assistência com cartazes onde se dizia, entre outras coisas, “Pannunzio e Flaviano, onde estão as 5 auxiliares e 1 professora por sala de aula”.

A audiência do vídeo alcançou até o meio da tarde desta quinta-feira (23/02) mais de 30 mil visualizações e os compartilhamentos acontecem nos mais variados veículos. Até mesmo na coluna O Deda Questão do Jornal Ipanema (FM 91,1Mhz) de hoje, o apresentador Alexandre Moretto colocou no ar o áudio e queria saber minha opinião a respeito.

Todos que falam dessa entrevista de Crespo demonstram indignação entre o comportamento do vereador (que fazia uma cobrança) e o do prefeito (que toma uma atitude diferente daquela cobrança que fazia) diante do fato de ambos serem a mesma pessoa. Márcio Leme, advogado e vice-presidente da OAB (Ordem dos Advogados Brasil) seção Sorocaba, e que esteve aliado a Raul Marcelo no 2ª turno das eleições em outubro passado, é um exemplo dos ativistas que denunciam a “incoerência de Crespo”.

Não vejo assim.

Primeiramente é fundamental a compreensão de que as relações determinam os termos. Isso quer dizer o seguinte: uma pessoa ao embarcar num avião se torna passageira enquanto o vôo se desenvolve. Mas se essa aeronave é sequestrada em pleno vôo, sem que o passageiro faça nada, automaticamente ele vira refém e o avião prisão. Ou seja, as relações determinam os termos.

Agora vejamos o que é ser Coerente. Entre as definições possíveis, ser Coerente é ser autêntico, é ser sincero nas três reações: Pensar; Sentir e Agir.

Crespo assim agiu como Vereador e assim o faz como Prefeito. Ele se comportou fielmente ao que se espera de um Vereador, ou seja, atacou pedra e faz o mesmo em relação a ser Prefeito. Ao contrário do prefeito Pannunzio que ele criticou e faltavam 9 meses para o final do seu governo, agora Crespo ainda tem 3 anos e 9 meses de mandato. Ou seja, só haverá coerência na cobrança se em março de 2020 os problemas persistirem. Do contrário, entendo, esses dedos apontados a Crespo chamando-o de incoerente é somente ação política partidária de opositores. Por isso, de tudo isso o que me irrita é a falta de coragem de alguns e a conivência de outros em ser instrumento de um partido ou ideologia partidária.

Quem não se lembra da enxurrada de cobrança que foi jogada sobre Fernando Henrique Cardoso por praticar uma coisa enquanto o presidente da República absolutamente diferente do sociólogo e professor universitário. Esqueçam o que escrevi! Lembram-se dessa expressão? É bem isso. O sociólogo não pode agir e pensar como presidente e vice-versa. Assim, também, o vereador não pode pensar e agir como prefeito e vice-versa.

É hipocrisia defender o contrário. Aposto que qualquer um desses que hoje criticam Crespo e compartilham esse vídeo tem em sua história algo absolutamente contraditório. Se é pai, então, nem se fala. Certamente essa pessoa faz e age de maneira bem diferente de quando era filho. É do ciclo da vida. Me assusta, sinceramente, quem não muda. Desses sim tenho medo. Não mudar de opinião ou de atitudes quando se muda as relações é apavorante.

Lembrem-se de Raul Seixas:

 

Prefiro ser essa metamorfose ambulante

Do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo

 

Eu quero dizer agora o oposto do que eu disse antes

Prefiro ser essa metamorfose ambulante

Do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo

 

Sobre o que é o amor

Sobre o que eu nem sei quem sou

Hoje eu sou estrela amanhã já se apagou

Se hoje eu te odeio amanhã lhe tenho amor

Lhe tenho amor

Lhe tenho horror

Lhe faço amor

Eu sou um ator

 

É chato chegar a um objetivo num instante

Eu quero viver essa metamorfose ambulante

Do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo

Do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo

 

Sobre o que é o amor

Sobre o que eu nem sei quem sou

Hoje eu sou estrela amanhã já se apagou

Se hoje eu te odeio amanhã lhe tenho amor

Lhe tenho amor

Lhe tenho horror

Lhe faço amor

Eu sou um ator

 

Eu vou lhes dizer aquilo tido que eu lhes disse antes

Prefiro ser essa metamorfose ambulante

Do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo

Do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo

Do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo

Do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo

Do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo

Do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo

Do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo

Comentários

Leia também