Dores na coluna acompanham o prefeito há meses e ele tinha a intenção de adiar cirurgia após a campanha da reeleição. Agora é esperar sua posição oficial

O prefeito Pannunzio tinha a intenção de ser o candidato à reeleição (a última vez em que isso será possível pela legislação vigente) e controlar as dores nas costas e coluna com remédios e fisioterapia. Mas na última semana as dores ficaram cada vez maiores e quando ele estava em reunião mesmo, sem perceber, colocava as mãos nas costas e fazia cara de dor. Assessores mais próximos passaram a notar esse incômodo. O médico de Pannunzio já vinha há tempos aconselhando a cirurgia. Junto da família o prefeito tomou a decisão e passou por tal procedimento no Hospital Albert Einstein, na capital, pois lá é o local onde o médico do prefeito faz cirurgias.

Comentários

Leia também