É falsa afirmação de que nova rodoviária não será em Santa Rosália

Atendendo a um pedido do vereador João Donizeti, líder do Governo na Câmara Municipal, a Prefeitura de Sorocaba suspendeu, por ora, o projeto de implantação da nova Rodoviária em área nas proximidades do Jardim Santa Rosália.

A Prefeitura pediu à Secretaria de Mobilidade e Desenvolvimento Estratégico um estudo técnico de três pontos ideais para o projeto, incluindo esse no Jardim Santa Rosália.

O estudo técnico será entregue para análise do prefeito até a primeira semana de novembro. No momento, o que foi apresentado na audiência pública na Câmara de Vereadores (foto), não passa de um estudo funcional, me explica o secretário da Mobilidade Carlos Pachoine.

Entre as áreas possíveis de uma nova rodoviária em Sorocaba, essa de Santa Rosália apresenta a melhor função uma vez que tira os ônibus da cidade (hoje da rodoviária até a rodovia Castelinho um ônibus leva em média 30 minutos, o que chega a ser um terço da viagem completa até São Paulo), facilita o acesso das pessoas que pretendem embarcar de diferentes pontos de Sorocaba, e permite um tipo de construção que agregue serviços como postos de diferentes polícias (Federal, Guarda Civil), serviço de logística e comércio em geral.

A resistência dos moradores de Santa Rosália à instalação da nova rodoviária de Sorocaba no bairro é vista como mais marketing, do que força política, segundo avaliações de pessoas de dentro da Prefeitura e da Câmara de Vereadores.

Com o estudo técnico, o que significa verificar se a tal área é de fato viável do ponto de vista geológico (a região foi de várzea e é possível que não aguente grandes construções), de mobilidade e estrutural, o prefeito Manga entende que poderá fazer valer o seu ponto de vista. Pode ser, me alerta Paschoine, que essa área de Santa Rosália não comporte o que a gente planejou do ponto de vista funcional, aí não fará sentido insistir em levar a nova rodoviária para lá.

Mas ratifico: é importante entender a afirmação “a Prefeitura de Sorocaba suspendeu, por ora”, essa expressão significa por enquanto, por agora, neste momento, ou seja, é falsa a afirmação que circulou hoje entre os moradores de Santa Rosália, com alguns compartilhando em rede social, de que está decidido que não será no bairro a nova rodoviária. Poderá até não vir a ser, mas no momento ninguém tem essa resposta.

Comentários

Leia também