Empréstimo de 70 milhões de dólares que Prefeitura de Sorocaba fez junto ao Banco das Américas, e espera autorização do Senado brasileiro para a assinatura do contrato, dá mais um passo rumo a liberação dos recursos

No dia 10 de dezembro de 2015, a “Prefeitura de Sorocaba deu mais um passo importante para a operação de crédito internacional de U$70 milhões que negocia junto a Corporação Andina de Fomento (CAF). As reuniões que o prefeito Antonio Carlos Pannunzio e o secretário da Fazenda, Aurílio Caiado, mantiveram em Brasília na quarta-feira (9) sensibilizaram as autoridades sobre a urgência de se realizar a etapa de negociação dos termos do contrato de financiamento, envolvendo a participação da Secretaria de Assuntos Internacionais (SEAIN), do Ministério do Planejamento, da Secretaria do Tesouro Nacional (STN) e da Procuradoria Geral da Fazenda (PGFN), do Ministério da Fazenda, além da CAF”.

Pois é, 2 anos e 5 meses depois, o tal empréstimo ainda não saiu.

Tenho tratado desse tema com o deputado Jeferson de Campos, que é de Sorocaba, e ele diz que tem acompanhado. A principal novidade é que o assunto foi tema em plenário do Senado nesta semana.

Assim Jeferson de Campos explicou o momento desse empréstimo: “Ontem e hoje (terça e quarta-feiras) conversei com senador Eunício Oliveira (presidente do Senado) que atendendo meu pedido fez a leitura em plenário da mensagem autorizativa do empréstimo do CAF (atual Banco de Desenvolvimento das Américas) a cidade de Sorocaba. Já estive no gabinete do senador Tasso Jereissati (presidente da CAE – Comissão de Assuntos Econômicos) para solicitar a designação de relator e votação do empréstimo de U$$ 70 milhões para obras viárias em Sorocaba! Estamos acompanhando e em breve teremos novidades.”