Escolha do nome da Cultura é atribuída a ex-assessora

O prefeito Crespo nomeou para exercer o cargo de secretária de Cultura a partir desta quarta-feira, dia 8 de maio, Cassiane de Souza, e uma Nota Oficial deu ciência, no portal da Prefeitura, dessa decisão.

Atualmente Cassiane ocupava a função de Diretora de Área na Secretaria de Esportes e Lazer e, durante a campanha eleitoral, foi uma das fiéis escudeiras do então candidato Crespo.

Mas, bastou o anúncio ser feito para que começassem a circular que essa nomeação não havia sido escolha de Crespo, mas de Tatiane Polis – pivô da crise que levou à cassação de Crespo em 2017 e, novamente, é o pivô da Comissão Processante que pode tirar o mandato de Crespo, por sua atuação como voluntária.

Na reportagem da TV TEM que anuncia o flagrante de Tatiane trabalhando como voluntária há um instante onde ela aparece junto de Cassiane, agora nomeada – como mostra a foto dessa postagem.

Oficialmente, o trabalho voluntário de Tatiane está interrompido desde que foi criada uma CPI sobre o caso na Câmara de Vereadores.

Verdadeira ou não a indicação de Cassiane para o cargo de secretária da Cultura, um fato é verdadeiro e existe: os comentários de que foi a ex-assessora e voluntária quem fez a indicação.

Currículo de Cassiane

Formada em Comunicação Social pela Universidade Anhembi Morumbi, Cassiane de Souza já trabalhou com Leon Cakoff e Adermar Oliveria na Mostra Internacional de Cinema de São Paulo, foi presidente do Instituto Cultural Vila Leão, fundada pelo ator Paulo Betti. Trabalhou, com Paulo Betti, Leona Cavalli, Lázaro Ramos, Eliane Giardini, irmãos Gullane; fez por 20 anos captação e produção de longa metragem e peças de teatro, como Cafundó, Nina, O Cheiro do ralo, A Fera na Selva, Canção Brasileira, Autobiografia Autorizada. Fez ainda captação para o primeiro filme produzido e dirigido pelo ator Lázaro Ramos, denominado Medida Provisória. Também trabalhou na Batuta Filmes.

Em minha opinião, Cassiane tem capacidade e talento para o cargo e desejo o seu sucesso na nova empreitada.

Comentários

Leia também