Gaeco (grupo de combate ao crime organizado) aguarda inventário dos animais do Parque Municipal Quinzinho de Barros. E vereador entra na história e quer dados da Polícia

O vereador Carlos Leite (PT) resolveu entrar nessa questão do Parque Zoológico Municipal Quinzinho de Barros, quase três meses após eu ter noticiado o fato. O vereador Marinho Marte (PPS), já tinha tomado a mesma medida de Leite: enviar requerimento pedindo informações á Prefeitura. Mas, agora, não é que o petista mirou no que não viu e acertou no que queria? Ele quer que o Comando da Polícia Militar dê uma lista com todos os animais apreendidos em Sorocaba nos últimos 5 anos, que foram encaminhados ao Zoológico.

E mais, vereador pede um inventário de todos os animais em cativeiro, bem como uma lista contendo todos os animais que nasceram ou foram entregues pela PM, bem como aqueles oriundos de doações, nos últimos 5 anos.

Ai, ai, ai, ai… O Gaeco (Grupo de atuação especial criado pela  Procuradoria Geral de Justiça que tem como função básica o combate a organizações criminosas e se caracteriza pela atuação direta dos Promotores  na prática de atos de investigação, diretamente ou em conjunto com organismos policiais e outros organismos) também fez o mesmo pedido. E faz tempo, aliás. No tempo do corregedor Gustavo Barata.

Comentários

Leia também