Lula vai esperar por Dilma na porta do Palácio do Planalto nesta quinta-feira. Temer não terá transição

Após a decisão do Senado, cujo o resultado oficial vai ser conhecido de madrugada, a presidente Dilma deixa o Palácio do Planalto nesta quinta-feira (12/05) e será recepcionada na porta por Lula. A presidente não vai descer a rampa do Planalto, como era a ideia inicial, pois poderia ser interpretado como um ato de “fim de governo” e Dilma precisa mostrar que “resistirá até o fim” do processo que poderá durar até 180 dias.

Informações do jornal Folha de S.Paulo indicam que Dilma sairá do Planalto pela porta principal, no térreo, acompanhada de ministros e assessores. Em seguida, encontrará Lula, parlamentares da base aliada e militantes do PT e de movimentos sociais que vão estar em frente ao prédio e devem caminhar por 5 km até o Palácio da Alvorada. Ou seja, não haverá a entrega do cargo a Temer. A intenção é reforçar o tom do Palácio do Planalto de que o impeachment é um “golpe” e de que o governo ainda tem expectativa de reverter a decisão na análise final processo de afastamento.

Comentários

Leia também