Ministro da Defesa veio passear em Aramar. Ao menos é o que ele dá a entender

O ministro da Defesa, Aldo Rebelo, esteve no Centro Experimental de Aramar, que fica em Iperó, na divisa com Sorocaba, onde desde 1985 é desenvolvida a tecnologia para o enriquecimento de urânio que será o combustível para o primeiro submarino nuclear brasileiro. Vejam, faz 30 anos que o propulsor nuclear é desenvolvido aqui e sabe o que o ministro respondeu para a pergunta óbvia, sobre prazo? Literalmente ele disse: “a expectativa é de que o Reator Multipropósito Brasileiro (RMB) seja concluído o mais breve possível.” O mais breve possível? Como assim ministro? Oficialmente, no site do Ministério da Defesa, o ministro justificou dizendo que sua visita era técnica. Mas ficou com cara de passeio. Ao final da visita, o ministro plantou no jardim de Aramar uma paineira, e foi embora.

Tá bom, o ministro ainda falou de sua descrença no impeachment de Dilma e de que ocorra um ataque terrorista durante as Olimpíadas do Rio de Janeiro que começam daqui 198 dias.

Comentários

Leia também