Um fato da globalização na vida sorocabana. O que você pensa sobre essa interferência?

Paulo Edson, o “Rick Wakeman” sorocabano, que assim ficou conhecido por sua paixão pelo tecladista de rock inglês, é professor universitário, professor de inglês de uma legião de sorocabanos nas últimas três décadas, e usou ofacebook para fazer apologia do “Shopping das Fábricas” instalado na avenida Santa Cruz, na zona oeste. Assim se pronunciou Paulo Édson: “Preços excelentes em camisetas e bermudas e um ótimo atendimento desses asiáticos que cuidam da maioria dos estandes. Mohon é um deles. Veio de Bangladesh há 8 meses e o que não entende de português, esbanja em simpatia. Um bom lugar para quem quer economizar em épocas de vacas magras e praticar inglês (de graça). Do lado do Largo do Divino.”

Eu usei o espaço de cometário de sua postagem e escrevi: “Me assusta esta postagem do Paulo Édson, um amigo de longa data, e pessoas queridas como a Cris do Arara, curtindo sua ideologia. Primeiramente, o que está aparente e o Paulo Édson enaltece são produtos com preços baixos. Mas de tão baixos geram desconfiança. A verdade é que são produtos feitos sabe se lá em quais condições (trabalho escravo) em algum lugar do oriente. Tá bom, vão dizer que os produtos das lojas convencionais também são feitos nas mesmas condições. Por isso sou adepto do consuma o necessário e feito ou vendido pelo comerciante pequeno, seu conhecido. Em segundo lugar, o que este Shopping das Fábricas faz é sonegar (sob o pretexto de feira e eventual) o que o comércio formal paga de imposto, aquele que gera emprego formal. Concorrência absolutamente desleal. Em terceiro, o Mohan de fato é uma simpatia e está se dando bem aqui em Sorocaba, tem uma vida muito mais digna do que tinha em seu país… mas mesmo assim é explorado. Ele passa quase que 24 horas no local desse shopping que, no mínimo, é perto do insalubre quando o calor está normal (não este frio atípico de janeiro). Sorocaba precisa ter capacidade de coibir abusos como esse desse comércio. Não tem. Sorocaba precisa ter capacidade de organizar pequenos produtores de moda (roupas e acessórios) e coisas afins – seriam os chamados clusters (assim que escreve?) – afinal tem um público que gosta dessa estética. Sorocaba precisa organizar vendas de produtos com preços acessíveis, mas cuja a produção seja saudável. Enfim, não sou um frequentador habitual das redes sociais, uso o facebook como ferramenta para meu blog (www.odedaquestao.com.br), mas diante de pessoas queridas como o Paulo Édson e Cris não quis me furtar de dar minha opinião. Vou levar este tema ao meu blog. Abraço.”

E você, o que acha?

Comentários

Leia também