Nem bom desempenho em pesquisa ilude o candidato do PSOL que diz estar com os pés no chão e reafirma seu caráter à esquerda

Raul Marcelo abriu as convenções dos partidos com candidatos já anunciados para esta eleição de Sorocaba no sábado passado em evento ocorrido no interior do prédio da Câmara de Vereadores. Mas nem o seu bom desempenho nas pesquisas, que lhe indicam 20,6% do eleitorado com a intenção de votar nele, fazem com que ele perca o seu lado racional. Em entrevista, ainda nas dependências da Câmara, ele mesmo usou a expressão estar com os pés no chão quando questionado sobre o resultado da pesquisa, embora, obviamente, tenha dito que ficou feliz com os números. Raul também explicou porque o PSOL não fez coligações (aceita a vinda de partidos que desejam apoiar as ideias do PSOL, mas não admite que o partido faça concessões para obter este apoio) e reafirmou seu caráter à esquerda do espectro ideológico dos partidos. Disse que busca diálogo com os movimentos sociais, ONGs e sindicatos e mostrou no telão mensagem de Luciana Genro, expoente do PSOL em âmbito nacional.

Comentários

Leia também