Nova licitação da merenda escolar de Sorocaba prevê três empresas como fornecedoras (e não mais uma como hoje) e com contrato R$ 18 milhões maior do que é pago atualmente

Está agendado um pregão presencial no dia 28 de janeiro de 2016, às 9h, para a contratação de três empresas que vão fornecer a merenda escolar para 53 mil alunos da rede municipal de ensino de Sorocaba, A cidade foi dividida em três setores na forma recomendada pelo TCE-SP (Tribunal de Contas). O modelo será pagamento por refeição e o três lotes juntos totalizam R$ 71 milhões como valor teto (daí para baixo), portanto R$ 18 milhões maior que o pago atualmente para a empresa ERJ, cujo o contrato vence no dia 26 de fevereiro.  O ano letivo começa 11 de fevereiro, após o carnaval (portanto são 23 dias corridos pela frente para o começo e fim da licitação) e dura 200 dias letivos.

Até 2015 a prefeitura paga a refeição para os alunos do Estado e para professores e funcionários. Agora a merenda é exclusividade de alunos.

Em conversa comigo, o secretário da Educação, Flaviano Agostinho de Lima, agradeceu ao empenho do secretário da Administração, Roberto Juliano, pelo empenho para que o edital da licitação esteja à disposição dos interessados no dia 25 de janeiro e o pregão acontece em 28 de janeiro.

Comentários

Leia também