Porque a cavalgada não é a moticiata?

A Prefeitura de Sorocaba realiza nesse próximo domingo, dia 18 de julho, a “1ª Cavalgada Solidária” com o objetivo de arrecadar alimentos não perecíveis para a campanha organizada pelo Fundo Social de Solidariedade #AFOMENAOEFAKE!” Durante todo o trajeto da ação, haverá postos de coleta para os munícipes fazerem a sua oferta.

A cultura tropeira vem sendo resgatada pelo sorocabano nas últimas décadas e a comunidade que gosta de cavalgar é expressiva em Sorocaba. A campanha de arrecadação de alimentos une a necessidade do momento, agravada pela pandemia de corovonavírus, e mantém viva a memória da participação de Sorocaba no desenvolvimento do Ciclo do Tropeirismo.

Evidentemente há quem faça críticas a essa cavalgada por ela aglomerar pessoas, o que facilita a disseminação do vírus Covid-19; há aqueles que dizem essa ser mais uma ação de marketing do prefeito Manga (que no fim de semana passado ele gravou um vídeo, de cima de uma cavalo (foto), fazendo o convite para as pessoas irem à cavalgada de domingo; há também aqueles que lembram da moticiata promovida pelo presidente Bolsonaro há um mês e que tanta polêmica causou em razão de ter provocado aglomeração em São Paulo.

A primeira distinção a ser feita é sobre o porque da cavalgada não ser a moticiada e isso não diz respeito apenas ao fato de um encontro ser a cavalo e o outro ter sido de moto, mas diz sobre a finalidade de um e outro. A moticiata teve a intenção estritamente política, do presidente demonstrar força diante de tanto revés que seu governo vem sofrendo. A cavalgada não tem esse espírito, ao contrário, tem o de arrecadar alimentos a uma parcela significativa de pessoas que não consegue mais comer corretamente diante da crise em que vive por causa da pandemia.

A segunda distinção diz respeito à proteção dos participantes. A moticiata foi usada para se negar a importância do uso de máscara para evitar a transmissão do vírus, na cavalgada o uso de máscara é obrigatório, assim como o distanciamento entre os cavaleiros.

Por fim, a cavalgada busca ao bem da comunidade, a moticiata buscava o bem de uma pessoa.

Trajeto

A concentração da “1ª Cavalgada Solidária” será a partir das 8h30, na sede do Clube União Recreativo Campestre de Sorocaba, no Jardim Guadalajara. O percurso seguirá até o Palco Principal, montado na Avenida Eng. Carlos Reinaldo Mendes, em frente ao Paço Municipal, sentido bairro, onde, por volta das 11h30, haverá a apresentação da Orquestra de Viola e será proferida uma bênção às tropas, com a presença de várias autoridades. No local, também haverá posto de arrecadação de alimentos não perecíveis para a campanha #AFOMENAOEFAKE! Em seguida, a cavalgada seguirá ao ponto de encerramento, no Parque das Águas.

Para quem não vai participar, é importante estar alerta para o fechamento das vias por onde a cavalgada vai passar: avenida Armando Pannunzio, local de acesso ao Recreativo; avenida General Carneiro, praça 9 de Julho, avenida Eugênio Salerno, avenida Afonso Vergueiro, avenida Dom Aguirre, rua Padre Madureira, avenida Carlos Reinaldo Mendes, avenida Rudolph Dafferner e novamente avenida Dom Aguirre até o Parque das Águas.

Mais informações podem ser obtidas pelo telefone: (15) 99722-2205.

Comentários

Leia também