Prefeito oferece 0% de reajuste salarial aos servidores e agenda outra reunião para debater o tema somente para o mês de outubro. Presidente do sindicato afirma que prefeito está sendo inconsequente e vai propor que haja greve

ReuniaoSSPMS

Como já havia deixado no ar na semana passada, ao menos foi o que captei durante entrevista com o prefeito no dia 2 de março, e cheguei a perguntar se ele iria oferecer 0% de reajuste salarial aos funcionários públicos, aconteceu.

A Prefeitura de Sorocaba ofereceu ‘zero por cento’ de reajuste aos servidores públicos municipais, durante a segunda rodada de negociações, que aconteceu na tarde desta quarta-feira (8). O sindicato da categoria vai propor greve. A decisão só depende de uma assembleia, com os servidores, agendada para a próxima quarta-feira (15), às 19h, no Clube de Campo do Sindicato dos Servidores Públicos de Sorocaba.

O presidente do sindicato, Salatiel Hergesel, ao sair da reunião com os secretários de Recursos Humanos, Marinho Marte; da Saúde, Rodrigo Moreno; da Fazenda, Fábio Martins, e de Comunicação e Eventos, Eloy de Oliveira, onde recebeu a informação de que “o momento é de crise” e “não tem como falar em reajuste”, me confirmou a informação que divulguei em primeira mão no programa FlashNews às 17h30 da rádio Ipanema. O presidente classificou como inconsequente a decisão do prefeito que tem a intenção de jogar os servidores contra a população.

Além de 6,7% de reposição de inflação de 2016 e de um resíduo de inflação de 2% de 2015, o que totaliza 9% (número que o sindicato entendia como aceitável), os servidores queiram ainda outros reajustes que chegava a 14%.

Comentários

Leia também