Prefeitura rebate críticas de professora que fica indignada com fala de prefeito

A assessoria de comunicação do prefeito Pannunzio decidiu se posicionar oficialmente sobre a postagem “Professora fica indignada com desconfiança do prefeito e explica faltas e atestados médicos” publicada neste blog. Leia a seguir a íntegra dessa manifestação:

“Caro Djalma Bennete,

Referente ao seu post, intitulado “Professora fica indignada com desconfiança do prefeito e explica faltas e atestados médicos”, no último dia 4 de setembro, a Prefeitura de Sorocaba esclarece que a missivista Cintia Scudeler é Auxiliar de Educação e não professora da rede municipal, como se identifica.

Sobre a reclamação de que as salas de aula são super lotadas, a Prefeitura esclarece que no Centro de Educação Infantil 58, onde a reclamante trabalha, o número de alunos varia de 20 a 23 por sala de aula, diferentemente do argumento apresentado por ela de que “professores e auxiliares trabalhem com 30, 40, 50 crianças menores de 3 anos”.

Sobre os argumentos de que creches têm entradas diárias de crianças por meio de ordem judicial, a Prefeitura lembra que o atual governo criou o Cadastro Único para evitar o fura-fila e que seja obedecida a fila por vagas em creches. No entanto, a Justiça tem determinado a matrícula de alguns alunos e, diante disso, cabe à Administração Pública acatar a determinação da Justiça. Cabe lembrar que a atual administração entregou 18 creches desde janeiro de 2013, atingindo uma média de 1 creche entregue a cada 45 dias.

Sobre o corte na alimentação dos funcionários, que não recebem vale alimentação, a Prefeitura esclarece que todos aqueles que têm direito ao vale ou ao marmitex são atendidos, conforme acordo sindical com a Prefeitura. Caso algum trabalhador que tem direito não esteja recebendo, ele deve solicitar o benefício ao seu superior imediato.

Sobre a merenda, a Prefeitura esclarece que não há merenda defasada para as crianças. A empresa fornecedora está em processo de recuperação judicial por falta de pagamento de outras prefeituras. A Prefeitura de Sorocaba está em dia com os pagamentos. Por conta disso, a empresa fornecedora tem atrasado itens de hortifrúti, e esses hortifrútis são substituídos por outros alimentos. Vale destacar que as crianças estão recebendo alimentação adequada, conforme orientação das nutricionistas da rede municipal de Educação.

Sobre a não realização de concurso público, a Prefeitura informa que, diferentemente do argumento apresentado, realizou concurso recentemente e, atualmente, finaliza o processo de homologação. À medida que forem surgindo vagas, os aprovados serão chamados para ocupar tais postos.

Sobre a insegurança quanto ao recebimento de salário, a Prefeitura informa que está revendo contratos e reduzindo gastos, com o intuito de garantir o pagamento do salário e do 13º salário de todos os servidores públicos municipais, conforme determinação do prefeito Antonio Carlos Pannunzio.

Para finalizar, citamos o fato da missivista ironizar a declaração do prefeito Antonio Carlos Pannunzio de que não entende os motivos de haver tantas faltas de professores e auxiliares na rede municipal.  Convidamos a reclamante, como Auxiliar de Educação, que venha a público e informe quantas vezes já faltou neste ano e informe também quantos atestados médicos já apresentou à Secretaria de Educação”.

Comentários

Leia também