Prossegue o mistério sobre o nome do candidato tucano a prefeito de Sorocaba nas eleições de outubro, mas hoje ele estaria entre o próprio prefeito Pannunzio e o secretário da Saúde

O prefeito Pannunzio concedeu entrevista na coluna O Deda Questão no Jornal da Ipanema (FM 91,1Mhz) na manhã de hoje (24/02) e manteve o mistério sobre quem será o candidato a prefeito do partido em outubro próximo. Mas deixou claro que dentro do diretório municipal as lideranças e correligionários convergem para o seu nome. Assim ele entendeu como natural a entrevista dada pelo deputado federal Vitor Lippi a mim, quando afirmou que não será candidato: “Lippi demonstrou respeito a minha vontade, que posso buscar a reeleição, ao dizer isso evitando qualquer problema como ocorreu no passado quando ele queria ir para a reeleição e havia outro postulante (Renato Amary) ao mesmo cargo”, afirmou o prefeito.

Mas minha percepção, de quem há quase 30 anos conversa e entrevista políticos, é de que o prefeito deverá abrir mão de ser o candidato, vai consultar o deputado federal Vitor Lippi e a deputada estadual Maria Lúcia Amary para saber se eles querem ser candidatos e indicará sua preferência para concorrer ao cargo que é o secretário da Saúde Francisco Antônio Fernandes, conhecido por Chicão. O prefeito não disse isso, apenas é uma percepção minha. Tendo essa chance o prefeito vai informar dessa sua predileção e fará essa indicação. O que não vai acontecer é a imposição de algum nome. Assim como a deputada Maria Lúcia Amary já havia dito, o prefeito Pannunzio está preocupado com o racha do PSDB na capital paulista onde o governador Alckmin mede forças contra o senador Serra e o ex-presidente Fernando Henrique. Enquando Alckmin quer João Dória (que nunca foi candidato a nada) Serra e FHC querem Andrea Matarazzo que já foi secretário estadual, municipal e sub-prefeito e há dez anos se prepara para concorrer ao cargo. Em Sorocaba, o nome será por consenso entre os tucanos.

Vale lembrar que no ar, em sua entrevista de hoje na rádio, Pannunzio teceu muitos elogios à pessoa de Chicão e enalteceu sua capacidade de gestão frente à saúde do município.

Vale lembrar também que assim que foram eleitos Lippi e Maria Lúcia, ainda comemorando o pleito nos estúdios da rádio Ipanema, o prefeito falou que eles estavam sendo eleitos para quatro anos e o PSDB deveria investir em novas lideranças.

Comentários

Leia também