Protestos de esportistas e movimentos culturais não vão adiantar. Prefeito informa que dinheiro devolvido pela Câmara de Vereadores vai exclusivamente para a saúde

BasqueteProtesto

Durante entrevista na coluna O Deda Questão no Jornal da Ipanema na manhã de hoje (17/08) o prefeito Pannunzio disse que todo o dinheiro economizado pela Câmara de Vereadores (e que vier a ser devolvido para a Prefeitura) será usado para o custeio da saúde. “O presidente Martinez já devolveu R$ 1 milhão e prevê a devolução de mais de R$ 3 milhões e já está ciente da gravidade da situação financeira da prefeitura e que esses R$ 4 milhões não poderão ir à cultura ou esporte, mas para a saúde”, disse o prefeito. Neste ano não há solução, para o ano que vem o prefeito sugere verbas carimbadas dos vereadores para o esporte e cultura.

O custeio da prefeitura em saúde aumentou em duas pontas.

Na primeira a criação da UPH (Unidade Pré-Hospitalar) da Zona Leste e da UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do Éden, ambas administradas de maneira terceirizada com a contratação da empresa BOS.

Na outra ponta o custeio cresceu pelo aumento da procura pelo atendimento público de saúde. O prefeito revelou que em 2012 (o último ano da administração do prefeito Vitor Lippi) eram feitos 27 mil atendimentos por mês na rede pública municipal e esses atendimentos consumiam 18% do orçamento. Quatro anos depois, em 2016, a prefeitura realiza 62 mil atendimentos por mês e esse número consome 33% do orçamento. O prefeito lembrou que desde 2013 ele já contratou 278 médicos.

A foto foi tirada na arquibanacada do Ginásio de Esportes de Sorocaba, sábado passado, durante jogo de basquete da LSB, uma das atingidas pelo corte de verba da prefeitura.

Comentários

Leia também