Secretária-executiva de associação de governos está em férias em Roma e apenas na volta ao Brasil vai decidir o que fazer com o convite que recebeu para dirigir a AgemSor

Jussara de Lima Carvalho, secretária-executiva para a América do Sul do Iclei, uma ONG (Organização Não-Governamental) internacional, concedeu entrevista ao vivo hoje (18/12) pelo telefone, de Roma, na Itália, onde passa, para a coluna O Deda Questão do Jornal da Ipanema (FM 91,1Mhz). O assunto foi a COP-21, reunião promovida pela ONU (Organização das Nações Unidas) em Paris, onde governantes de 190 países chegaram a um termo sobre o aquecimento global. Jussara, que foi secretário do Meio Ambiente da Prefeitura de Sorocaba nas gestões Lippi e Pannunzio, explicou didaticamente o que são COP, quem decide e comemorou a conquista do Iclei de ser ouvida nesses encontros através das cidades e estados (chamados governos subnacionais). Ela se mostra otimista de que o homem vai controlar sua sanha e evitar que as mudanças climáticas aumentem em 7º a temperatura média do Brasil, por exemplo.

Mas, obviamente, o ponto da entrevista era o futuro de Jussara. Se ela fica no Iclei ou virá para o comando da AgemSor (Agência Metropolitana) que vai comandar os projetos e planejamento da Região Metropolitana de Sorocaba. Ela explicou que após a COP entrou em férias, passou pela Suiça, está na Itália e apenas após a virada do ano estará no Brasil. E que não teve tempo de discutir o que desejam dela na AgemSor para decidir o que vai fazer em 2016.

A notícia de que Jussara é a preferida para a AgemSor foi dada pela a coluna O Deda Questão do Jornal da Ipanema e por este blog.

Comentários

Leia também