Secretário da Educação tinha vontade de ser candidato a vereador. Mas fica no sacrifício

Flaviano Agostinho de Lima, secretário de Educação da Prefeitura de Sorocaba (já havia sido secretário da Habitação e presidido o Núcleo de Planejamento da cidade), tinha a intenção de deixar o cargo nesta sexta-feira (1/4) como manda a lei a quem pretende ser candidato a vereador em outubro próximo. Mas seguirá no cargo. Vai se sacrificar a pedido do prefeito Pannunzio que precisa dele a frente da pasta até o final do seu mandato em dezembro. Não restou alternativa a não ser aceitar. Guardou o sonho para 2020. Ou quem sabe, em junho ele saia. A lei permite que se deixe o cargo público nesta data para se concorrer a prefeito ou vice. O sonho, afinal, é o que move o ser humano.

Comentários

Leia também