Liderança estadual do PPS coloca uma pedra sobre a dúvida de que para lado vai o partido

Arnaldo Jardim concedeu entrevista ao Jornal da Ipanema (FM 91,1Mhz) hoje pela manhã e tive a chance de perguntar a ele (fora do tema central da entrevista que é o Programa de Regularização Ambiental do Estado, afinal ele é secretário estadual de Agricultura) sobre a aproximação, ainda maior, entre o PPS e o PSDB que inclui o apoio mútuo da legenda nas eleições municipais de outubro. Arnaldo Jardim confirmou essa aproximação, mas disse que há exceções para decisões individuais e Sorocaba é uma delas. Confirmou que o PPS será aliado do PMDB, falou de sua amizade (e de David Zaia presidente do PPS e Dimas Ramalho presidente do Tribunal de Contas) com Renato Amary, enalteceu Flávio Amary que assumiu o comando do Secovi e disse que Sorocaba deve se orgulhar dessa conquista, faloude João Paulo Corrêa, presidente municipal do PPS, de Marinho Marte, combativo vereador. E foi taxativo que o PPS caminha com Renato Amary em Sorocaba em outubro. Na foto, Arnaldo Jardim (D) e Renato Amary ladeiam uma jovem em evento de 2008.

Comentários

Leia também