Selar a paz e ajuste de foco

O prefeito Crespo publicou em sua rede social o encontro que teve com o secretário estadual de Habitação, o sorocabano Flávio Amary, ao visita-lo em seu local de trabalho na capital paulista.

Escreveu ele: “Estive hoje com meu amigo Flávio Amary, que vem fazendo um belo e grandioso trabalho como Secretário da Habitação no Governo Dória. Aproveitei, para entregá-lo um presente especial, para deixar em seu gabinete: A bandeira da nossa amada cidade de Sorocaba”.

Uma visita absolutamente corriqueira, sendo ambos sorocabanos (prefeito e secretário de estado) e o pai de Flávio (ex-prefeito Renato Amary) ter sido o padrinho e principal responsável pela eleição de Crespo em 2016.

Mas, sempre há um mas, a situação entre eles se não estava ruim, começa a provocar alguns embaraços. O fato principal aconteceu na inauguração do funcionamento 24 horas da Delegacia de Defesa da Mulher de Sorocaba, quando ficou evidente uma insatisfação da primeira-dama, Lilian Crespo, com o fato de não ter participado da organização da Brinquedoteca da delegacia, ato feito por Isabel, esposa de Flávio Amary.

Esse é um detalhe, de pouca relevância, porém, interpretada, inclusive por mim, como sendo cheiro de candidatura de Flávio Amary à prefeitura de Sorocaba. Ocorre que Crespo também é candidato à reeleição. Sendo assim, em 2020, eles seriam adversários?

Minha percepção é que não. Flávio Amary vai esperar para entender que lado corre o rio (para usar expressão de um amigo meu) antes de qualquer decisão e até lá vai evitar qualquer exposição que possa ser confundido com uma movimentação para vir a ser o candidato a refeito de Sorocaba. Crespo não tem essa opção. O governo é dele e não faz sentido esperar nada, tem que trabalhar pela reeleição a cada minuto do que resta do seu governo.

Por isso tudo, a visita de Crespo a Flávio me cheira mais a um instante de selar a paz (embora não haja guerra alguma explícita) e ajustar o foco do caminho de ambos nos próximos meses. No mínimo. Serve para colocar fim a qualquer especulação de que haveria alguma rusga entre eles. Lembrando que o prefeito é amigo do vice-governador e o secretário, do governador.

Comentários

Leia também