Tribunal de Contas condena Prefeitura por compra de combustível feita há oito anos

O Tribunal de Contas do Estado de São Paulo (TCE) julgou irregular a compra de combustível pela Prefeitura de Sorocaba, no ano de 2008, num contrato de R$ 2 milhões, firmado com a Companhia Brasileira de Petróleo. O combustível era para abastecer os veículos da frota municipal. Além da licitação e do contrato, o TCE também julgou irregulares o termo da prorrogação e o aditivo, celebrado em maio de 2009. O contrato refere-se ao governo Vitor Lippi, mas quem responde é a atual administração. O secretário de Negócios Jurídicos, Maurício Freitas (foto), informa que já tem conhecimento do fato, mas ainda não é possível tecer comentários porque o teor completo da decisão do TCE não está disponível para consultas.

Comentários

Leia também