Candidato a prefeito do PSOL afirma que com base no Estatuto das Cidades só vai liberar novos empreendimentos imobiliários em Sorocaba nos 50 mil terrenos dos vazios urbanos da cidade

raultv

Raul Marcelo (PSOL) foi sorteado entre os cinco candidatos a prefeito de Sorocaba para dar início à segunda rodada de entrevistas do Jornal da Ipanema (FM 91.1Mhz), dentro da coluna O Deda Questão, com os concorrentes ao cargo de prefeito de Sorocaba na eleição do dia 2 de outubro. A novidade dessa nova rodada é o fato de que logo após as entrevistas na rádio, que acontece entre 8h e 9h, o candidato desce ao estúdio da ITV (Canal 24 da NET), que fica no prédio da própria rádio, e concede nova entrevista ao vivo, das 9h30 {às 10h, para Kiko Pagliato e este blogueiro. A entrevista pode ser vista por quem sintonizar na ITV.

Foi nesta entrevista, na ITV, que Raul Marcelo falou de sua intenção de, com base no Estatuto das Cidades, liberar a construção de novos loteamentos e empreendimentos em Sorocaba somente após os 50 mil terrenos que estão nos vazios urbanos da cidade (onde já estão implantadas toda infraestrutura de redes de água e esgoto, fiação elétrica, equipamentos de saúde e educação, transporte….) caso venha a ser eleito prefeito.

Na avaliação dele, os proprietários das áreas na mancha urbana de Sorocaba fazem uma espécie de reserva desses terrenos para obter sua valorização e aumentando o lucro particular sem levar em conta o custo social que ocupações em loteamentos mais distantes provocam para toda a sociedade. Ele explicou que essa sua intenção é aplicada nas cidades mais desenvolvidas da Europa e Canadá e que não tem sentido algum classificar esse pensamento de comunista ou socialista, mas sim de pensar o bem coletivo.

O Estatuto das Cidades é a Lei Federal número 10.257, de 10 de julho de 2001, que estabelece normas de ordem pública e interesse social que regulam o uso da propriedade urbana em prol do bem coletivo, da segurança e do bem-estar dos cidadãos, bem como do equilíbrio ambiental.

Saúde e adversário, os focos da entrevista na rádio

Levando em conta que o problema número 1 do sorocabano, segundo dados da pesquisa Ibope/TV TEM divulgada na semana passada, é a saúde, Raul Marcelo foi espremido para falar sobre o tema. Ele disse que vai analisar o contrato que a Prefeitura mantém com instituição BOS, que gerencia a UPA do Éden e a UPH da Zona Leste, mas não pretende de imediato mudar essa realidade. Explicou que pretende melhorar o serviço da Policlínica e construir mais uma Policlínica na Zona Norte, falou que vai ampliar em duas horas o atendimento nas UBS, detalhou o papel do seu projeto de “Saúde da Família”, no qual vai replanejar o atendimento à saúde, desafogando o atendimento na policlínica municipal e melhorando o atendimento e acompanhamento da gestante na cidade.

Para fechar, questionado sobre o motivo do eleitor não votar nos outros 4 concorrentes ao cargo de prefeito, Raul Marcelo disse que ele entende que apenas um não merece ser prefeito (justamente o que está na frente dele nas pesquisas) indicando um flerte com os eleitores (e não com a figura dos outros candidatos) que não votaram nele no 1º turno e ele tendo a certeza de que vai para o 2º turno contra José Crespo (DEM). Todos os argumentos dados por Raul para o sorocabano não votar em Crespo se resumem ao que ele classifica de falta de coerência de Crespo e que isso representa um problema para quem pretende investir na cidade. Ele afirmou que um prefeito precisa ser coerente. A falta de coerência elencada por Raul, contra Crespo, está o fato de hoje Crespo criticar o prefeito Pannunzio e 25 anos atrás ser aliado de Pannunzio; de hoje ser aliado de Renato Amary e 20 anos atrás ser mais que adversário, um próprio inimigo; de ter feito críticas à comunidade LGBT e depois pedir desculpas em razão do impacto negativo que sua atitude teve; falou que Crespo votou contra as leis que permitiram a vinda da indústria Toyota para Sorocaba. Enfim, focou criticas em Crespo e flertou com os eleitores dos outros candidatos na certeza de que será o adversário de Crespo no 2º turno.

Segunda rodada na rádio e ITV

As próximas entrevistas, em ordem, da segunda rodada de entrevistas do Jornal da Ipanema (FM 91.1Mhz), dentro da coluna O Deda Questão são: Glauber Piva (23/9), José Crespo (26/9), João Leandro (27/9), Hélio Godoy (28/9). As entrevistas acontecem dentro do Jornal da Ipanema, das 8 às 9 horas. Ouça a rádio neste link ou pelo aplicativo para smartphones Ipanema FM.

Comentários

Leia também