Depois de se reunir com 17 vereadores e sentir o clima favorável de todos eles ao projeto de reforma administrativa, presidente convoca vereadores para a votação dentro do prazo solicitado pelo prefeito, autor do projeto

reuniaoreforma

O presidente da Câmara de Vereadores, Rodrigo Manga (DEM), sentiu o clima favorável para a aprovação do projeto de Reforma Administrativa da Prefeitura de Sorocaba, proposta pelo prefeito Crespo, na reunião de hoje no 6º andar do Palácio dos Tropeiros. Dos 20 vereadores, 3 não foram ao encontro (Fernanda Garcia do PSOL; França e Iara do PT) e já se manifestaram contrários à reforma. Foram 17 vereadores ao encontro da manhã e são necessários 11 votos para a aprovação do projeto. Desses 17 vereadores, Manga tem certeza de que 14 vão votar a favor da reforma. Péricles, eleito pela primeira vez e do PMDB, seria essa voz que poderia sair do tom. Renato Amary, presidente do diretório municipal do PMDB, que almoçou com Crespo na segunda-feira, deixou claro que o partido é a favor da reforma e entende que se algum dos 6 vereadores preferir outro caminho irá ferir a orientação do partido. Renan Santos (PC do B) dos 17 vereadores presentes foi o único que deixou claro que é contrário à reforma e que o custo dos novos cargos é incoerente ao déficit que disse ter recebido de Pannunzio.

O projeto prevê diminuir cargos em relação a última Reforma Administrativa, aprovada em 2013, mas aumenta em relação aos cargos extintos pela justiça a partir de ação do MP. Manga me disse que os vereadores entenderam que o prefeito precisa de pessoas de confiança para fazer o que propôs em campanha e mostrou que haverá uma economia de R$ 5 milhões em relação ao projeto de 4 anos atrás. O clima foi bastante favorável de todos. Os vereadores estão seguros de quem não estão fazendo nada fora da lei e que qualquer discordância, como uma ação do Ministério Público, será acatada e discutida. Não há vereador querendo fazer nada de errado e nem com medo de ninguém, seja um promotor ou a instituição MP. Seguro da decisão, Manga usou do que lhe atribui o cargo de presidente e convocou as sessões extraordinárias.

Os votos que dão segurança de que o projeto será aprovado:

Veja os 14 votos a favor:

Antonio Carlos Silvano Junior (PV)

Fausto Salvador Peres (PTN)

Fernando Dini (PMDB)

Hudson Pessini (PMDB)

Irineu Donizeti de Toledo (PRB)

João Donizeti Silvestre (PSDB)

José Apolo da Silva (PSB)

José Francisco Martinez (PSDB)

Luis Santos Pereira Filho (PROS)

Rafael Domingos Militão (PMDB)

JP Miranda (PSDB) vai tomar posse na vaga de Anselmo Neto na manhã desta quarta-feira, às 9h, e será pelo Sim.

Rodrigo Manga (DEM)

Vitor Alexandre Rodrigues (PMDB)

Wanderley Diogo de Melo (PMN)

 

Não conseguiu falar após a reunião:

Hélio Mauro Silva Brasileiro (PMDB)

 

Em dúvida até o final da tarde hoje:

Péricles Regis Mendonça de Lima (PMDB)

 

Votos contrários à reforma:

Fernanda Schlic Garcia (PSOL)

Francisco França da Silva (PT)

Iara Bernardi (PT)

Renan dos Santos (PCdoB)

 

Foto: Crespo ao fundo comanda reunião com 16 vereadores sobre o projeto da reforma

Comentários

Leia também