Justiça nega relaxamento de prisão e OAB tenta habeas corpus para chefe de gabinete

O advogado sorocabano José Cabral Dias ficou detido na delegacia de Itapetininga, após se apresentar como advogado de um dos presos na mesma operação realizada pela Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes (Dise) de Itapetininga. Na tarde hoje, a justiça negou o relaxamento da prisão de Cabral e determinou que ele deixe a cadeia, mas siga detido no Batalhão da Polícia Militar de Itapetininga. Os membros da OAB, Delgado Lopes e Haroldo Fazano, por se tratar de prisão de advogado, tentariam uma Habeas Corpus ainda neste sexta-feira para liberar o advogado da detenção. Os advogados sorocabanos Anselmo Bastos e Oswaldinho Duarte (que presidiu o Legislativo sorocabano quando Cabral foi diretor jurídico) visitaram Cabral na manhã de hoje na Cadeia de Itapetininga.

Comentários

Leia também