Prefeito dá resposta política à OAB ao escolher para ser o secretário Jurídico da Prefeitura de Sorocaba o adversário do atual presidente da ordem que, para a assessoria de Crespo, usa a entidade para fazer política partidária pró-PSOL

MarcioDias

A escolha do advogado Eric Vieira para assumir a Secretaria de Assuntos Jurídicos e Patrimoniais da Prefeitura de Sorocaba não foi tomada hoje (leia postagem sobre isso). Há uma resposta política de Crespo com essa escolha. Resposta ao PSOL e ao deputado estadual Raul Marcelo derrotado no 2º turno das eleições por Crespo.

Na análise do prefeito, o atual presidente da OAB-Sorocaba, Márcio Rogério Dias (foto), não é apenas vizinho de Raul Marcelo, mas amigo do círculo pessoal do deputado. Mais que isso, para o prefeito, Márcio Dias fez da OAB um instrumento partidário do PSOL durante a eleição. Uma pessoa bem próximo de Crespo me relatou o seguinte: “Na campanha, o Márcio colocou o Crespo para falar na hora do almoço. Fomos lá e não tinha ninguém na OAB. O Eloy (hoje secretário de Comunicações) deu uma bronca no presidente da OAB dizendo que era desrespeito convidar um candidato e não ter ninguém para receber esse convidado. O então candidato Crespo quis ir embora, mas aí a diretoria da OAB chegou. O presidente ficou bravo com Eloy naquele momento por causa da bronca. No 2º turno, a OAB marcou o mesmo horário e apareceu 15 minutos antes. Nos dois encontros, a OAB privilegiou o candidato Raul agendando para às 9h o encontro dele com a classe.”

Além disso, continua minha fonte, “a diretora de assuntos ligados a diversidade da OAB fazia campanha para o Raul. Eles queriam que o prefeito assinasse um compromisso com o segmento. A gente disse para ele não assinar, mas o Crespo achou melhor assinar. Só que falou para esse presidente que não era legal ter uma diretora da entidade partidária assim. Agora estamos vendo o quanto essa diretoria da entidade é partidária”.

Outro ponto que faz o prefeito ter convicção de que a ação de Márcio Dias para fazer a ação pedindo a saída de Marinho é o fato de “Marinho ser advogado. Se não fosse, o prefeito acharia legítimo o protesto. Mas contra um colega que por força de lei está com a carteira não habilitada é política partidária na visão do prefeito”, me explica a pessoa ligada ao prefeito.

Na campanha de 2º turno quem apareceu na campanha eleitoral da TV pedindo voto para Raul Marcelo foi o técnico do São Bento, Paulo Roberto Santos, que nem vota em Sorocaba. Ele atendeu, na visão da equipe de Crespo, um pedido do presidente da OAB que também é o presidente do São Bento.

Por fim, me chama a atenção minha fonte, “o interessante disso tudo é notar que o prefeito dá um tapa na cara desse partidário do Raul Marcelo que preside a OAB. Se a OAB queria ser respeitada, passou a ser, mas por quem deveria ter sido eleito presidente. O que está lá não representa a OAB”.

A eleição da OAB em que Márcio Rogério Dias foi eleito marca um momento histórico da entidade. Pela primeira vez um advogado trabalhista, como é Márcio Rogério Dias, assume o comando local da entidade. Além disso, ele foi eleito por 1 voto de diferença contra o candidato da situação, Eric Vieira, agora escolhido secretário de Assuntos Jurídicos e Patrimoniais da Prefeitura. Um voto num universo de muitas abstenções. Amigos de Eric e Alexandre Ogusuko, que deixava a entidade, tinham tanta certeza da eleição de Eric que foram viajar e não compareceram para votar e perderam por apenas 1 voto.

O outro lado

Por mais de uma vez conversei com Márcio Rogério Dias. Ele não nega a amizade com Raul, não nega que em nenhum momento pediu para o técnico do São Bento de se abster de pedir voto para Raul na eleição, mas nega com veemência que seja instrumento político de Raul e, muito menos, que use a OAB para fazer política partidária. Quanto à ação para tirar Marinho Marte, Márcio Rogério Dias assegura que é somente uma questão de defesa da classe e cumprimento do que diz a lei e nada pessoal contra Marinho ou Crespo que são advogados.

Comentários

Leia também