Senador e prefeito da capital improvisam homenagem a Renato Amary

Um dos momentos mais marcantes na concorrida festa de novos filiados ao PSDB, sendo que a estrela da noite foi Flávio Amary, partiu do senador José Serra. Em seu discurso, o senador afirmou que Flávio tem o DNA político do pai, Renato Amary, e neste momento foi informado de que Renato estava na plateia. Então o senador fez questão de chamar Renato à mesa dos trabalhos e lembrou da importância dele na vida política do Estado de São Paulo e para o PSDB, o partido que ele ajudou a construir e se elegeu prefeito de Sorocaba por duas vezes.

Renato caminhou até a mesa, recebeu os cumprimentos de Serra, do governador e do prefeito da capital, Bruno Covas.

Aliás, um outro momento dessa improvisada homenagem, partiu de Bruno Covas. Em seu discurso, ele lembrou do momento em que Renato Amary e seu avô, o então governador Mário Covas, inauguraram o campus da Uniso (Universidade de Sorocaba) e os discursos estavam infindáveis. Na sua vez, o último conforme dita o protocolo, Mário Covas disse que existem dois tipos de discurso: os bons e os longos. E que ele iria fazer um bom discurso. Como naquele dia, na noite de quarta-feira todos se divertiram com essa história.

O governador Dória e o deputado estadual Marco Vinholi, presidente do PSDB-SP, foram outros que citaram Renato e sua importância na história política paulista.

Flávio Amary também lembrou do pai em seu discurso e como desde criança acompanha a política em função dessa influência: Todo o meu respeito ao meu pai, orgulho, admiração e exemplo a ser seguido na gestão pública, disse Flávio Amary.

Comentários

Leia também